Contra a reforma administrativa, Unacon Sindical participa de ações virtuais e presenciais

Programação da Mobilização Nacional em Defesa do Serviço Público teve twittaço contra a PEC 32/2020 e protesto na Esplanada dos Ministérios. Servidores e Delegados Sindicais do DF e dos estados participaram das atividades

O Unacon Sindical participou de ações virtuais e presenciais contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2020, da reforma administrativa, nesta quarta-feira, 23 de julho. A programação da Mobilização Nacional em Defesa do Serviço Público teve twittaço e protesto na Esplanada dos Ministérios. Correio Braziliense e o portal de notícias O Dia estão entre os veículos que repercutiram as atividades na imprensa.

A programação teve início às 9h, com twittaço organizado pelo Fórum Nacional das Carreiras de Estado (Fonacate). A hashtag #PEC32daRachadinhaNão ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter. O Unacon Sindical divulgou, com antecedência, documento com o passo a passo de como participar do twittaço, a lista com o perfil dos deputados da Comissão Especial e um banco de tuítes prontos (saiba mais aqui).

Organizada pelas centrais sindicais e diversas entidades da sociedade civil, a Mobilização Nacional em Defesa do Serviço Público contou com protestos em todos os estados. Em Brasília, ato foi realizado na Esplanada dos Ministérios, com direito a faixa de 100 metros de comprimento, estendida no gramado central, com o alerta à população sobre os impactos negativos da matéria.

Bráulio Cerqueira, Rudinei Marques e Arivaldo Sampaio representaram a Diretoria Executiva Nacional (DEN) no ato público. O delegado sindical de Finanças Públicas Manoel Messias de Jesus, e os delegados sindicais do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, Ana Maria Balthar Pinto Machado e João Colaço dos Santos, nesta ordem, também participaram da atividade que contou com a presença do deputado federal professor Israel Batista (PV-DF), presidente da Frente Parlamentar Servir Brasil.

Assista, abaixo, matéria produzida pelo núcleo de comunicação do Unacon Sindical com a cobertura completa do protesto realizado na Esplanada dos Ministérios.